quinta, 04 de julho de 2019 - 15:48h
CEA realiza “Blitz Elétrica” para combater perdas de energia em Santana
Equipes de fiscalização atuam na área comercial. Trabalho também ocorre na capital e deve se expandir no interior.
Por: Cassio Albuquerque
Foto: Foto: Fiscalização/CEA
Fiscalização dos medidores

A equipe de fiscalização da Companhia de Eletricidade do Amapá continua intensificando a blitz elétrica para combater irregularidades e melhorar o fornecimento de energia. Nesta quinta-feira, 4, o trabalho ocorre no Centro Comercial do município de Santana.

O objetivo é o diminuir o índice de perdas relacionadas a furto de energia, ligações clandestinas e fraudes nos medidores. Este percentual é de 32,5% em todo o estado.

De acordo com o diretor comercial da CEA, Josivan Gomes, o trabalho também está sendo realizado na capital, onde há a maior concentração de consumidores, mas também começará a se intensificar no interior.

“Esta prática afeta a prestação do serviço e afeta diretamente nossa arrecadação. Para fazermos este enfrentamento, montamos as equipes de fiscalização que atuam de forma permanente”, frisou.

Considera-se furto de energia quando há uma ligação direta na rede elétrica sem o conhecimento e autorização da concessionária de energia. São os conhecidos “gatos”. Já a fraude ocorre quando o cliente rompe os lacres da sua medição e manipula o consumo no medidor de energia com o objetivo de reduzi-lo. Ambos são crimes previstos no Código Penal.

As perdas contribuem para tornar a conta de luz mais cara para todos os consumidores. Além do impacto na conta de luz, os furtos e fraudes de energia pioram a qualidade do serviço prestado, prejudicando todos os consumidores. As ligações clandestinas sobrecarregam as redes elétricas, deixando o sistema de distribuição mais suscetível a interrupções no fornecimento de energia.

CEA - Companhia de Eletricidade do Amapá
Av Pe Júlio Maria Lombaerd, 1900 Macapá - AP CEP: 68.900-030 - (96) 3212-1300 - cea@cea.ap.gov.br
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2017 - 2019 Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá