quinta, 04 de abril de 2019 - 15:51h
Energia: a dica é economizar
Reduza o valor da sua conta de energia com hábitos simples e inteligentes
Por: Pedro Henrique Monteiro, Contribuição Naide Carvalho
Foto: Kelly Bastos

Muitos dos nossos hábitos diários podem parecer simples e sem influência nas contas de energia, mas ao contrário: aquela lâmpada acessa sem necessidade na sala vazia ou a TV que “dorme” ligada causa prejuízos para quem paga a conta. Com atitudes simples é possível economizar até 30% no consumo de energia. Adote essas dicas no seu dia a dia:

Televisão

Representa de cerca de 15% do valor de sua conta de luz, use a TV de forma correta e evite desperdícios: #DICA CEA
Desligue a televisão quando não estiver sendo assistida. Não deixe a TV “dormir” ligada, use a opção de programação do tempo para desligar o aparelho.

Lâmpadas

A iluminação representa de 15% a 25% do valor de sua conta, para evitar gatos desnecessários fique atento a detalhes como: Aproveitar ao máximo a luz natural; dê preferência a lâmpada de led e apague as que não estiverem sendo utilizadas.

Geladeira ou freezer

Mesmo que a geladeira ou freezer permaneçam o dia inteiro ligados tem como economizar. antes de comprar, observe a classificação do aparelho segundo o selo do Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (Procel).
E com o aparelho já em casa, sempre observe se as borrachas das portas estão de fato selando a saída de ar, a má vedação, além de prejudicar a conservação dos seus alimentos, aumenta o uso de energia e o preço da conta.

Ar condicionado

Mesmo durante o inverno amazônico, o uso de aparelhos para refrigeração de ambientes é uma necessidade, as dicas da CEA são: não use ar-condicionado com BTU em excesso, a capacidade de refrigeração deve ser proporcional ao tamanho do ambiente; Instale o aparelho em local com boa circulação de ar; Quando ligamos o ar-condicionado, o gasto de energia é considerável. Por isso, deixe o aparelho funcionando por um maior período de tempo e evite acionar o botão liga-desliga com frequência;

Bandeira tarifaria

É um sistema que existe desde 2015 e funciona com uma escala de três cores, que são: verde, amarelo e vermelho cada um representando um acréscimo ou não no valor da energia da seguinte forma:

Bandeira verde: condições favoráveis de geração de energia. A tarifa não sofre nenhum acréscimo;

Bandeira amarela: condições de geração menos favoráveis. A tarifa sofre acréscimo de R$ 0, 010 para cada quilowatt-hora (kWh) consumidos;

Bandeira vermelha - Patamar 1: condições mais custosas de geração. A tarifa sofre acréscimo de R$ 0, 030 para cada quilowatt-hora kWh consumido.

Bandeira vermelha - Patamar 2: condições ainda mais custosas de geração. A tarifa sofre acréscimo de R$ 0, 050 para cada quilowatt-hora kWh consumido.

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) é quem determina mensalmente a cor das bandeiras tarifárias. O órgão manteve verde a bandeira neste mês de abril, porém, as condições favoráveis de geração de energia podem ser transitórias, então a dica é economizar.

CEA - Companhia de Eletricidade do Amapá
Av Pe Júlio Maria Lombaerd, 1900 Macapá - AP CEP: 68.900-030 - (96) 3212-1300 - cea@cea.ap.gov.br
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2017 - 2019 Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá