segunda, 01 de julho de 2019 - 16:02h
Aneel anuncia aumento da tarifa em julho e CEA dá dicas de como economizar energia
Aumento da tarifa é por causa da estação seca nas principais bacias hidrográficas do SIN; situação se reflete no sistema de bandeiras tarifárias.
Por: Cassio Albuquerque
Gráfico apresenta média de consumo de aparelhos elétricos em residências

Com a proximidade do verão amazônico, o amapaense se prepara para enfrentar altas temperaturas. É nesse período que o uso de ventiladores, ar-condicionado, centrais de ar e purificadores aumentam para evitar o calor intenso. Apesar de necessários, o consumidor deve estar atendo ao uso correto desses aparelhos para economizar na conta de luz.

É a partir de julho que a tarifa de energia aumenta, em razão da estação seca nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN). Esta situação se reflete no sistema de bandeiras tarifárias.

Esse sistema, criado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), sinaliza o custo real da energia gerada. No mês de julho, por exemplo, será cobrada a bandeira tarifária amarela, que representa custo de R$ 1,50 para cada 100 quilowatts-hora.

De acordo com o gerente comercial da Companhia de Eletricidade (CEA), Josivan Gomes, esses indicadores têm impacto no valor da fatura de energia, uma vez que o Amapá está conectado ao SIN. “É preciso que o nosso consumidor tenha conhecimento destas variáveis para economizar na conta. Pois, ao longo do verão, há um aumento natural no consumo e, também, questionamentos sobre este registro. Por isso, é necessário economizar e se informar sobre a cobrança”, explicou.

Levantamento de consumo

De acordo com a lista de eletrônicos e eletrodomésticos utilizados em residências, as centrais de ar e o ar-condicionado representam um impacto de 45% na conta de energia, seguido do chuveiro elétrico com 26%, e a geladeira com 6%.

De acordo com o gerente de Segurança no Trabalho, da CEA, Marconi Cruz, esse indicativo de consumo pode variar de acordo com os hábitos de consumo do usuário. “Geralmente, o impacto é baseado na média de tempo. Quanto mais tempo este consumidor passar com a central ou com o ar ligado, obviamente, isso vai se refletir na conta no fim do mês, que virá mais alta”, alertou.

Para orientar o usuário, a Companhia de Eletricidade do Amapá elencou algumas de dicas de consumo. Confira:

Central e ar-condicionado

- O consumidor não deve deixar portas e janelas abertas em ambientes com ar condicionado ou central de ar;

- Deve manter os filtros limpos;

- Diminuir ao máximo o tempo de utilização do aparelho e colocar cortinas nas janelas que recebem sol direto.

Chuveiro elétrico

- Prefira tomar banhos mais curtos, de até cinco minutos; selecione a temperatura morna no verão; verifique as potências no seu chuveiro para calcular o seu consumo.

Geladeira

- Só deixe a porta da geladeira aberta no tempo que for necessário;

- Regule a temperatura interna de acordo com o manual de instruções;

- Nunca coloque alimentos quentes dentro da geladeira;

- Deixe espaço para ventilação na parte de trás da geladeira

- Não utilizá-la para secar panos;

- Não forre as prateleiras;

- Descongele a geladeira e verifique as borrachas de vedação regularmente.

Iluminação

- Utilize iluminação natural ou lâmpadas econômicas;

- Apague a luz ao sair de um cômodo;

- Pinte o ambiente com cores claras.

Ferro de passar

- Junte roupas para passar de uma só vez;

- Separe as roupas por tipo e comece por aquelas que exigem menor temperatura;

- Nunca deixe o ferro ligado enquanto faz outra tarefa.

Aparelhos em stand-by

- Retire os aparelhos da tomada quando possível ou durante longas ausências, pois eles continuarão consumindo energia.

CEA - Companhia de Eletricidade do Amapá
Av Pe Júlio Maria Lombaerd, 1900 Macapá - AP CEP: 68.900-030 - (96) 3212-1300 - cea@cea.ap.gov.br
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2017 - 2019 Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá